Trânsito cada dia mais caótico

Por Whalles Zarur e Graciliano Cândido

Carros parados na EPTG

Carros parados na EPTG

 

Toda manhã,  motoristas que saem do Guará, Vicente Pires, Taguatinga e Aguas Claras sofrem com  intensos engarrafamentos gerados ao longo da EPTG – Estrada Parque Taguatinga. Na manhã desta quinta-feira (21/05), condutores foram surpreendidos por mais um congestionamento.

Por volta dás 10:20 da manhã, um imenso engarrafamento iniciava em frente a passarela da Octogonal (sentido zona central) até em frente a SQB  (Super Quadra Brasília), decorrente de um acidente envolvendo um motociclista.  

No início do mês, o Governo do Distrito Federal, anunciou o início das obras na via EPTG para desafogar o trânsito que afeta os motoristas diariamente em horários de pico. As obras estão previstas serem entregues no aniversário de 50 anos da capital federal. A chamada linha verde começa na saída do viaduto de taguatinga e segue até o viaduto da EPIA. São aproximadamente 13 kilômetros de obras.

 

EPTG02Ontem à tarde, os motoristas passaram por situação parecida na via paralela ao eixo monumental (zona central), próximo ao Parque da cidade. O local passa por reformas e recapeamento e nos horários de pico, como nossa equipe de reportagem pode registrar, a situação fica mais complicada. Os motoristas precisam ter paciência. ” Eu já acordo muitas vezes estressada sabendo que irei pegar este trânsito, mesmo saindo mais cedo é inevitável, quando acontecem acidentes, pior ainda,” relata Fávia Fária que mora no Lucio Costa e passa pela EPTG diriamente. Uma nova via que liga a EPTG para o SIA( Setor de Indústria e Abastecimento), pelo setor de cargas, promete desafogar o trânsito no local. Flávia tem deixado a Estrada Parque e optado por esta nova via. 

 VENDAS

Nunca se vendeu tantos veículos como neste inicio de ano. Somente no mês de março, mais de 10 mil carros foram emplacados pelo Detran ( Departamento de Trânsito) na capital federal.

Um dos motivos para este aumento nas vendas nos três primeiros meses de 2009, é a redudação do IPI ( Imposto sobre produtos industrializados) para veículos. O anúncio feito pelo governo em Dezembro de 2008, fez com que o Brasil não seguisse o mercado internacional, que tem tido demissões em massa, e fez com o que o setor de fabricação de automóveis continue com as vendas em alta.

Vale ressaltar que o IPI zero é para carros mil cilindradas. Os demais também tiveram IPI reduzido, todavia, não para 0 zero kilômetro. Esta medida segue até o mês de Julho em todo país.

 Veja imagens  do engarrafamento registrado hoje cedo pela nossa equipe

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: